Notícias

44º Festival de Cinema em Gramado

Edson Erdmann, diretor artístico - Foto Cleiton Thiele / Pressphoto




Edson Erdmann, diretor artístico - Foto Cleiton Thiele / Pressphoto


44º Festival de Cinema de Gramado - Foto Edison Vara / Pressphoto
Um grande show marcará as noites das mostras competitivas nesta 44ª edição do Festival de Cinema de Gramado. O desfile de atores e cineastas pelo tapete vermelho ganhará contornos de espetáculo, com música e cenografia desenvolvidos especialmente para cada uma das sessões, com foco nos filmes concorrentes e homenageados de 2016. “Vamos botar o festival na rua, em contato com as pessoas que ficam do lado de fora”, explica o diretor artístico do festival, Edson Erdmann.
A intenção da equipe criativa de Gramado é unir o glamour já tradicionalmente associado ao evento serrano com um conceito mais popular. “Usualmente, glamour e popular não se conversam muito, mas Gramado vai ganhar com essa união não convencional”, assegura Erdmann.
Cada filme concorrente terá trilha sonora especial, que vai embalar a entrada dos integrantes da produção no tapete vermelho. “Para o longa-metragem ‘Elis’ (de Hugo Prata), vamos revisitar as canções que fizeram sucesso em sua voz. Para ‘O Roubo da Taça’ (direção de Caíto Ortiz), traremos as músicas do Brasil dos anos 70”, exemplifica.
O maior espetáculo, entretanto, está reservado para as noites de homenagem aos artistas desta edição: Sonia Braga, Tony Ramos, José Mojica Marins e a argentina Cecilia Roth. Nestas datas, o tapete vermelho servirá como suporte para provocar recordações de suas vidas profissionais. “... é toda uma história que vai provocar muita emoção em quem recebe a homenagem e no público, que será testemunha dessa surpresa”, revela.
 “Quando Sonia Braga for anunciada, ela vai entrar no tapete vermelho com músicas compostas com exclusividade pelo maestro Dudu Trentin”, antecipa Erdmann. Vão entrar na composição fragmentos de músicas que marcaram sua trajetória profissional, como canções de Tom Jobim e Chico Buarque, que embalaram cenas suas em “Dona Flor e Seus Dois Maridos”. Para Tony Ramos, o diretor artístico separou um trecho da Nona Sinfonia de Beethoven, que integrou a trilha de “Se Eu Fosse Você”. “Já o José Mojica Marins tem toda aquela coisa de rock, com músicas do Sepultura”, complementa.
O Kikito de Cristal, uma das mais recentes premiações. Desde 2012, quando o cineasta argentino Juan José Campanella esteve na cidade serrana para receber seu troféu, uma ritual marca a homenagem. Campanella também esteve na fábrica da Cristais de Gramado (empresa local que fabrica o prêmio) para, simbolicamente, iniciar a produção do próximo troféu. De lá para cá, todos os homenageados com o Kikito de Cristal seguiram o ritual iniciando uma tradição: começar a fabricação da próxima estatueta.
Na última edição do Festival de Cinema de Gramado foi a vez do argentino Fernando Solanas dar sua contribuição ao troféu que em 2016 será entregue à atriz argentina Cecilia Roth dia 2 de setembro, sexta-feira, às 21h30. Cecilia Roth seguirá a tradição, resta a surpresa para saber quem irá receber a estatueta em 2017.
365 profissionais das mais diversas áreas trabalharam em conjunto e são mais de 70 filmes em exibição e uma intensa programação paralela distribuídas em nove pontos da cidade-palco: Rua Coberta, Palácio dos Festivais, Sociedade Recreio Gramadense, Teatro Elisabeth Rosenfeldt, Escola Municipal Maximiliano Hahn, Escola Municipal Presidente Vargas, Escola Municipal Mosés Bezzi, Escola Municipal Dr. Carlos Nelz (CAIC), Escola Musical Vicente Casagrande e Escola Municipal Nossa Senhora de Fátima.
Os vencedores do Festival, ainda disputam R$ 328 mil em prêmios. Lembrando que, em sua 44ª edição, o Festival de Cinema de Gramado bateu recorde em número de inscrições: foram 931 obras submetidas para avaliação dos curadores e das comissões de seleção.
Indicada ao Oscar por “Hilary & Jackie” e vencedora do Globo de Ouro pelo seriado “A Sete Palmos”, a atriz australiana Rachel Griffiths é presença confirmada no Festival de Cinema de Gramado. Ela vem para apresentar o longa-metragem “Mammal”, que ganhará sessão comentada no Palácio dos Festivais. Na trama, Rachel Griffiths vive Margaret, uma mulher divorciada que vive em Dublin e precisa lidar com a dor da precoce morte de seu filho adolescente. Alguns dos atores com presença confirmada no Festival é Sophie Charlotte e Caio Blat, que 
Protagonistas de “Elis” e “O Silêncio do Céu”, respectivamente, Andréia Horta e Carolina Dieckmann viajam a Gramado para acompanhar de perto a primeira exibição de seus filmes. Junto à homenageada Sonia Braga, o diretor Kleber Mendonça Filho e os atores Humberto Carrão, Maeve Jinkings e Allan Souza Lima apresentam o aguardado “Aquarius”, que abre a programação do evento.

Clique aqui e conheça mais sobre Gramado - RS

Clique aqui e conheça o Destino do Charme

Clique aqui e conheça o Roteira da Serra Gaúcha

Texto por Agência com edição de Caroline de Oliveira
PARCEIROS

Contatos

São Paulo/SP
Rua Martins Fontes, 330 - SALA BRAZIL
Centro - CEP: 01303-030
+55 (11) 3260-8488
+55 (11) 99679-7756

contato@guiadoturismobrasil.com

Rede Social


R J Publicidade e Marketing Ltda
CNPJ: 18.780.295/0001-21

© Copyright 2019 - Guia do Turismo Brasil | Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: DIGITATOS