Notícias

CARNAVAL DE RUA DE SÃO PAULO 2020 É O MAIOR DA HISTÓRIA DA CIDADE

Com expectativa de público de 15 milhões de pessoas, segundo estimativa dos blocos que vão desfilar pelas ruas da cidade, festa paulistana se consolida como uma das principais do país; número de desfiles será quase 40% maior do que em 2019.

Baixe a apresentação do carnaval: https://wetransfer.com/ ou clicando aqui 
A cidade de São Paulo realizará, em 2020, o maior carnaval da sua história e um dos mais importantes do Brasil. Serão 678 desfiles aprovados e autorizados pela Prefeitura, 38,5% a mais do que no ano passado, quando ocorreram 490 desfiles. Eles estarão distribuídos em 468 pontos da cidade e devem atrair 15 milhões de pessoas em 2020, de acordo com projeções dos blocos, superando os 14 milhões do ano anterior. No Sambódromo do Anhembi, as escolas de samba paulistanas realizarão um dos maiores e principais desfiles carnavalescos do Brasil.
A ocupação das ruas da maior cidade do país durante a celebração do Carnaval de Rua 2020, entre os dias 15 de fevereiro (pré-carnaval) e 1° de março (pós-carnaval), projeta um impacto econômico na capital paulista que deve ultrapassar os números do Carnaval de 2019, que movimentou R$ 2,3 bilhões (carnaval de rua e Sambódromo), segundo pesquisa do Observatório do Turismo da Prefeitura de São Paulo.
A Prefeitura de São Paulo está preparada para garantir a organização, segurança e a infraestrutura necessária aos paulistanos e turistas que vão curtir a folia em todos os dias de festa.

Planejamento
Para atender a demanda e oferecer o melhor carnaval da história da capital paulista foi criada, na Prefeitura de São Paulo, uma comissão intersecretarial que reúne as secretarias municipais de Cultura, Turismo, Subprefeituras, Saúde, Segurança Urbana, Mobilidade e Transportes, Comunicação, Direitos Humanos e Cidadania, Licenciamento e Desenvolvimento Urbano.
Cada área do governo ficou responsável por um aspecto da festa e foram realizadas mais de 30 reuniões entre a comissão e os diversos departamentos de segurança pública, transporte, saúde, turismo, comunicação, direitos humanos e a comissão de representantes de blocos de carnaval, para antecipar a organização do carnaval paulistano. Todos os itens de infraestrutura sugeridos por órgãos como Polícia Militar (PM), Guarda Civil Metropolitana (GCM), Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), SPTrans, Metrô e Secretaria de Saúde foram incorporados.
Durante todo o carnaval, a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT) terá um esquema especial de transporte público para a população.  A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) realiza bloqueio de ruas, desvios e monitoramento para garantir a fluidez do trânsito, circulação de veículos, acesso de moradores e foliões. A SPTrans, a partir dos bloqueios da CET, faz os desvios de itinerários de ônibus.

Drones
A Secretaria Municipal de Segurança Urbana (SMSU) informa que, durante todo o período da festa, haverá quatro drones em apoio aos órgãos de segurança pública na visualização de possíveis conflitos, deslocamento do efetivo e auxílio à CET.  Os drones serão utilizados em períodos e locais definidos em conjunto com os demais organizadores do evento.
O programa City Câmeras, da Prefeitura, por meio do videomonitoramento em tempo real, contará com mais de 3 mil imagens das vias públicas de São Paulo. O objetivo é aumentar a sensação de segurança dos foliões. Já o aplicativo SP+ SEGURA é uma ferramenta disponibilizada pela Prefeitura no combate e prevenção de desordens urbanas e criminalidade.

ASSISTÊNCIA SOCIAL
Para conscientizar os cidadãos para que ajudem a combater o trabalho infantil e a relevância de efetuar denúncias sobre casos de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) realiza campanha durante o carnaval. A iniciativa, que será realizada entre 15 de fevereiro e 01 de março, reforça que exploração sexual é crime e o trabalho infantil é proibido, disseminando mensagens em prol dos direitos das crianças e adolescentes. Em casos de denúncias, disque 156. (ligue e aperte 0 + 3)
Durante o carnaval, mais de 600 orientadores socioeducativos dos Serviços Especializados de Abordagem Social (SEAS) atuarão, por meio da busca ativa, nas regiões onde ocorrerão os desfiles, identificando a incidência de trabalho infantil.

Anjos do carnaval
A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC), realizará a sensibilização das equipes de Anjos do Carnaval, que atuarão no Carnaval 2020. A ação contará com a participação de representantes do Ministério Público e dos coordenadores municipais das mais diferentes esferas de atuação, abordando as questões LGBTI, Combate ao Racismo, Juventude, Criança e Adolescente, População em Situação de Rua e Assédio e Rede de Atendimento.
Os Anjos do Carnaval fazem parte de uma parceria com o Catraca Livre. Assim como ocorreu em 2019, são voluntários capacitados para abordar foliões trazendo a pauta do assédio no carnaval.
A Secretaria da Mulher do Sindicato dos Comerciários de SP também terá uma parceria da SMDHC na elaboração de parte das tatuagens “Não é não” e na aplicação das tatuagens junto aos foliões nas ruas.
Os Anjos do Carnaval estarão nas tendas de acolhimento, que serão instaladas ao lado dos postos médicos. As tendas contarão com produtoras (Secretaria Municipal da Cultura), anjos (voluntários e voluntárias do Catraca Livre), advogadas (designadas pela Comissão Estadual da Mulher Advogada e OAB), psicólogas e assistentes sociais (designadas pela SMDHC).
A Prefeitura distribuirá, por meio dos Anjos do Carnaval e pelas equipes de produção, 5 mil pulseiras de identificação para os pais ou responsáveis colocarem nos pulsos de suas crianças e evitarem desaparecimentos. A ação terá o apoio das tendas de acolhimento e é uma parceria da Divisão de Localização Familiar e Desaparecidos (SMDHC) e da Secretaria Municipal de Cultura. Nas pulseiras, haverá espaço para inserção do nome da criança, idade, nome dos pais/responsáveis e ao menos um número de telefone para contato.

Ônibus Lilás da Coordenação de Políticas Públicas para Mulheres da Prefeitura 
Secretaria Municipal de Direitos Humanos
O ônibus vai estar no Centro durante todo o carnaval. Será garantida a distribuição de preservativos masculinos e femininos. O veículo ficará na Praça do Patriarca entre os dias 22 e 25 de fevereiro. No ônibus, uma psicóloga e uma assistente social receberão denúncias de assédio e violência contra as mulheres durante os desfiles dos blocos. A Guarda Civil Metropolitana (GCM), por meio do seu programa Guardiã Maria da Penha, estará presente dando apoio e fazendo a segurança do Ônibus Lilás durante os dias de festa.
Confira as principais informações e números referentes à infraestrutura do carnaval de São Paulo 2020:

Banheiros químicos
Média de 2.750 unidades de banheiros químicos por dia (2.500 unidades comuns mais 250 unidades destinadas a portadores de necessidades especiais), em oito dias de desfiles. Total máximo de até 22 mil diárias de banheiros químicos no Carnaval de Rua 2020. O número pode sofrer alterações durante a execução do evento.

Transporte
A SPTrans prevê os seguintes desvios de linhas de ônibus:

Pré-carnaval (15 e 16 de fevereiro) – desvio de 560 linhas de ônibus

Carnaval (22 a 25 de fevereiro) – desvio de 730 linhas de ônibus

Pós-carnaval (29 de fevereiro e 1º de março) – desvio de 340 linhas de ônibus

Previsão de mudanças de pontos de ônibus:
Linhas normais – cerca de 570 pontos de embarque e desembarque
Linha turística – 8 pontos

Confira os trajetos dos desvios das linhas de ônibus em http://www.sptrans.com.br/carnaval ou pelo telefone 156

Para o desfile das escolas de samba no Anhembi, serão criadas duas linhas especiais de ônibus:

179 A/10 Metrô Tietê-Anhembi

Opera de 21 a 24/02 e 29/02

Horários de funcionamento:

Metrô Tietê-Anhembi (ida) – das 17h até 1h30

Anhembi- Metrô Tietê (volta) – das 5h até 9h

879A/10 – Metrô Barra Funda-Anhembi

Opera sexta-feira (21/02), sábado (22/02) e domingo (23/2)

Horários de funcionamento:

Metrô Barra Funda-Anhembi (ida) – das 17h até 1h

Anhembi-Metrô Barra Funda (volta) – das 5h até 9h

TRÂNSITO
A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) terá esquema especial para interdições em decorrência de desfiles e monitoramento de trânsito na cidade durante todo o período de carnaval, desde o pré-carnaval até o pós-carnaval. Para isso, a CET contará com 496 agentes de trânsito (marronzinhos)  por dia, 476 viaturas e 62 painéis de mensagens variáveis (PMVs). Também serão utilizados 3.500 cavaletes (por dia), 1.764 faixas e banners e 11070 metros de gradis (11 quilômetros).

Informações sobre interdições, desvios e trânsito na cidade durante o carnaval no site da CET: 

http://www.cetsp.com.br/consultas/carnaval-2020.aspx

Operação Estrada
Entre os dias 21 e 26 de fevereiro, a CET montará a operação estrada, para monitorar o trânsito e orientar os motoristas que forem deixar São Paulo ou chegar na cidade.

Impacto do carnaval na economia da cidade de São Paulo

2018
Sambódromo: R$ 180 milhões
Rua: R$ 550 milhões
TOTAL: R$ 730 milhões

2019
Sambódromo: R$ 220 milhões
Rua: R$ 2,1 bilhões
Total: R$ 2,3 bilhões

2020
Estimativa é superar os números de 2019

SAÚDE
A cidade de São Paulo terá 20 postos médicos montados pela Prefeitura em estruturas fixas provisórias nas localidades com grande concentração de pessoas (desfiles de blocos), nos dias de evento. O funcionamento iniciará duas horas antes do horário marcado para o evento no local e será encerrado somente quando a Polícia Militar der por terminada a programação nos locais.
Cada posto médico contará, no mínimo, com dez profissionais: dois médicos, um enfermeiro e sete técnicos de enfermagem.
O sistema de atendimento móvel será composto de cem ambulâncias em cada dia de evento, divididas em 30 ambulâncias UTI e 70 ambulâncias de suporte básico.
O munícipe, quando estiver fora da área dos desfiles e impossibilitado de deslocamento até uma Unidade de Saúde, deve ligar ao SAMU-SP-192. Vale esclarecer que o SAMU tem um protocolo de atendimento que orienta o solicitante até a chegada do recurso de saúde.
Haverá sala de situação e monitoramento, que contará com a presença da  Coordenação do Sistema Municipal de Atenção às Urgências (COMURGE), SAMU, Covisa, Segurança, CET com SMS e Subprefeituras. O objetivo é fazer a seleção de casos mais graves e urgentes e direcionar o atendimento dos pacientes. Na sala de situação haverá 26 profissionais entre coordenador geral, assessoria técnica, gerência técnica e gerência médica.
Distribuição de dois milhões de preservativos masculinos durante o período do carnaval. A campanha Camisinha na Folia, da Secretaria Municipal da Saúde, está na sua 19ª edição na cidade de São Paulo. Nos últimos três anos, as ações são concentradas no carnaval de rua. Elas consistem em agentes de prevenção e profissionais da saúde distribuindo preservativos – principalmente masculinos – nos ensaios das escolas de samba e na concentração dos blocos.

Pontos de Distribuição de preservativos:
- Nas ações antes, durante e após o carnaval (quadras de escolas de samba, carnaval de rua).
- Nas tendas de serviços que serão instaladas em locais de grande concentração de foliões (ao lado das tendas da Saúde).
- 37 estações de metrô
- 32 terminais de ônibus municipais

PEP – Profilaxia Pós-Exposição ao HIV
A PEP é uma de prevenção ao HIV para casos em que houve situação de risco de infecção, como a camisinha sair, romper ou não ter sido utilizada. A profilaxia deve ser iniciada em até 72h após essa exposição. Na cidade de São Paulo há 60 serviços municipais que ofertam a PEP gratuitamente, inclusive as unidades com funcionamento 24h.  A página sobre PEP do Programa Municipal de DST/Aids será divulgada na lista de serviços que estará nos totens informativos que serão instalados pela Prefeitura durante o carnaval:
https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/saude/dstaids/index.php?p=245399

O folião também pode baixar o aplicativo “TánaMão” no celular para verificar o local mais próximo para retirar as camisinhas e encontrar a PEP. O aplicativo também tem uma calculadora de risco da pessoa ter se infectado por uma IST/HIV ou não. Baixe gratuitamente na Google Play ou no AppleStore.

Comércio ambulante
A Secretaria Municipal de Subprefeituras disponibilizará cem  equipes de apoio e remoção de comércio ambulante ilegal, num total de 900 funcionários (nove pessoas por equipe).

Segurança
1.821 agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM)
Quatro drones de monitoramento da GCM

Limpeza pública
A operação de limpeza do Carnaval 2020 contará com aproximadamente 2.947 agentes de limpeza atuando nas ruas da cidade.  Pelo segundo ano consecutivo, a Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb) enviará 100% dos resíduos coletados da varrição para as duas Centrais Mecanizadas de Triagem da Prefeitura, a fim de aproveitar o máximo possível de materiais recicláveis.
Os serviços de limpeza contarão com uma frota de 320 veículos, 505 contêineres de mil litros e 1.140 cestos aramados.

Recicláveis
A fim de incentivar o descarte correto dos materiais recicláveis durante os blocos de rua e ajudar a produzir um carnaval mais consciente, a Prefeitura de São Paulo, por meio da Amlurb, instalou 247 Pontos de Entrega Voluntária (PEV’s) na cidade com frases educativas sobre o descarte correto, inspiradas em famosas marchinhas de carnaval. Os equipamentos estarão distribuídos nas principais ruas e avenidas da cidade, além do sambódromo, e devem impactar cerca de 15 milhões de pessoas.
Em 2019, São Paulo coletou 916 toneladas de resíduos durante o Carnaval de Rua e Sambódromo do Anhembi.

Informações turísticas – CITs e aplicativo
A cidade de São Paulo possui quatro Centrais de Informação Turísticas (CITs), que funcionam todos os dias e estão localizadas na Praça da República, Aeroporto de Congonhas, Avenida Paulista e Terminal Rodoviário do Tietê.
Outra opção para o turista será o novo aplicativo Acontece em São Paulo, que traz informações sobre a programação de blocos de carnaval e desfiles das escolas de samba no Sambódromo, além de dados como o clima, principais pontos turísticos, programação cultural e muito mais. O aplicativo poderá ser baixado na Play Store e Apple Store.

Horários de funcionamento dos CITs:
Aeroporto de Congonhas: diariamente, das 7h às 22h
Praça da República: diariamente, das 9h às 18h. Nos dias 15 e 16/02 e 22, 23, 24 e 25/02, o funcionamento do CIT República será entre as 9h e 11h.
Terminal Rodoviário Tietê: diariamente, das 6h às 22h
Avenida Paulista (Parque Prefeito Mario Covas): diariamente, das 9h às 18h

Manual do folião
A Prefeitura preparou um manual do folião com informações úteis, roteiros dos principais megablocos, telefones e dicas sobre o carnaval de São Paulo em 2020. 

O endereço do site é https://manualdofoliao2020.prefeitura.sp.gov.br/

Edição Rose Cecilia

PARCEIROS

Contatos

São Paulo/SP
Rua Martins Fontes, 330 - SALA BRAZIL
Centro - CEP: 01303-030
+55 (11) 3260-8488
+55 (11) 99679-7756

contato@guiadoturismobrasil.com

Rede Social


R J Publicidade e Marketing Ltda
CNPJ: 18.780.295/0001-21

© Copyright 2020 - Guia do Turismo Brasil | Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: DIGITATOS