Notícias

TRADE DO RIO COMEMORA RESULTADOS DO ROCK IN RIO
A edição 2022 do Rock in Rio (RIR), realizado de 2 a 11 de setembro, gerou um impacto econômico de R$ 1,7 bilhão para a cidade, segundo a organização do evento. Foram sete dias de festival, com a presença de 700 mil pessoas, sendo 60% de fora do Estado e 10 mil do exterior e 28 mil empregos diretos.

A realização do evento está sendo comemorada pelo trade do Rio, que registrou aumento de receita e um recorde na ocupação hoteleira. De acordo com o Sindicato dos Meios de Hospedagem do Município (Hotéis Rio), a média de quartos ocupados no período do RIR ficou em 94,51%.
O RIR superou todas as expectativas, ultrapassando os números obtidos nas edições anteriores e transpondo, inclusive, a ocupação hoteleira registrada no Réveillon e no Carnaval deste ano. É um excelente momento para a cidade”, comemorou o presidente do Hotéis Rio, Alfredo Lopes.
Os bares e restaurantes também se beneficiaram com os milhares de turistas que visitaram a cidade no período. Segundo o presidente do Sindicato de Bares e restaurante do Rio de Janeiro (SindRio), Fernando Blower, a realização do RIR promoveu um aumento do faturamento estimado em 21,5%, segundo operadora de cartão de crédito.
O Rock in Rio trouxe um público que além de vir ao Rio para 1 ou 2 dias de show, ainda aproveitou a viagem para conhecer a cidade, passear, comer e beber. E algo que foi altamente gratificante, foi ver que as pessoas passearam por diversos bairros, não só nas proximidades do evento, mas também no centro e na zona sul. Algo possível, também, pelas curtas distâncias, características dessa metrópole”, destacou Fernando Blower.

Para a Associação Rio Vamos Vencer, que congrega as entidades do trade e empresários comprometidos com o turismo da cidade, o impacto econômico do RIR pode ser ainda maior se levados em conta gastos nos aeroportos, compras no comércio, custos com transporte, movimentação nos pontos turísticos e outros segmentos que estão diretamente ligados ao turismo.
Há ainda os valores imensuráveis, como os ganhos com a promoção da imagem cidade antes, durante de depois do festival, por exemplo. É toda uma indústria que se beneficia e a capacidade de geração de empregos no turismo é gigantesca”, ressaltou o presidente da entidade, Marcelo Conde, acrescentando que é fundamental que as autoridades governamentais se atentem para a força do turismo no fomento à economia.

Interior também se beneficia
E não foi só a Cidade Maravilhosa que colheu bons frutos com a realização do maior festival de música do mundo. Municípios do interior do Estado também registaram aumento na demanda neste período. Segundo dados da Rodoviária do Rio, houve um aumento de 5% nas viagens saindo do Rio de Janeiro para cidades do interior do Estado.
“Ficamos otimistas com a recuperação do movimento de passageiros após dois anos sem grandes eventos por conta da pandemia. O transporte rodoviário regular teve papel fundamental no atendimento a esta demanda reprimida pela capilaridade de sua operação e pela economia e segurança que oferecem ao viajante. Nesta edição do Rock in Rio alcançamos um volume de pessoas maior do que a edição de 2019 em nossas instalações, o que representou mais 10 mil embarques”, celebra Beatriz Lima, porta-voz da concessionária Rodoviária do Rio S/A.

Fotos: Thiago Lara / Riotur

Edição Rose Cecilia
Data de publicação desta Matéria 14-09-2022
Regulamento das Notícias


PARCEIROS

Contatos

São Paulo/SP
Rua Martins Fontes, 330 - SALA BRAZIL
Centro - CEP: 01050-000
+55 (11) 99679-7756

contato@guiadoturismobrasil.com

Rede Social


© Copyright 2022 - Guia do Turismo Brasil | Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: APLICARI