Notícias

SERRA DA CANASTRA: ONDE NASCE O RIO SÃO FRANCISCO E O QUEIJO MAIS FAMOSO DO BRASIL

São Roque de Minas se destaca por abrigar o Parque Nacional da Serra da Canastra. Criado em 1972, é um dos mais importantes do Brasil e recebe, durante o ano, milhares de visitantes que apreciam a beleza de suas paisagens e uma infinidade de atrativos naturais. Entre os mais famosos estão a nascente histórica do Rio São Francisco e a Casca D’anta, cachoeira com mais de 186 metros de queda livre, considerada a sexta maior do Brasil.
Conhecer as belezas da Canastra é um passeio e tanto para quem tem espírito de aventura. Apesar do acesso à região ter sido facilitado ao longo dos anos, circular em carro de passeio por lá ainda reserva algumas dificuldades. A recomendação é hospedar-se em São Roque de Minas, principalmente na área central, e contratar um guia para realizar os passeios.
O parque está dividido em duas partes: a alta, com três portarias (São Roque de Minas, que concentra a maioria dos serviços e hotéis, São João Batista da Serra da Canastra e Sacramento), e a baixa com uma (São José do Barreiro). Para chegar a São Roque de Minas, a maioria dos turistas se vale dos 60 km asfaltados da MG-341, a partir da cidade de Piumhi. Daí em diante são 24 km asfaltados ou 15 km de terra (até Vargem Bonita) e outros 20 km de terra até a portaria da Cachoeira Casca D’anta.
Atravessar os 72 km da estrada de terra e muitas pedras que cortam o parque ligando as portarias de São Roque e Sacramento é uma missão de quase três horas em dias normais. A estrada é boa, mas precisa necessariamente ser conduzida por motoristas experientes.
Por isso recomendamos contratar guias locais com veículos 4X4. Uma dica é o guia Vicente Zacarias da Costa, o “seu Vicente”, que tem sua base de atendimento no Hotel Chapadão da Canastra. Ele é nativo, tem 61 anos e é um profundo conhecedor da fauna e da flora que compõem a Canastra. Tem muita habilidade com idosos e crianças. São mais de 30 anos de experiência cortando e rasgando as estradas que guardam mirantes, cachoeiras, rios e paisagens indescritíveis.

Um mundo de águas e verde
O Parque Nacional da Serra da Canastra foi criado em 1972 para preservar a nascente do Rio São Francisco. O local tem paisagens deslumbrantes onde predominam Campos de Altitude e o Cerrado. Com um pouco de paciência e sorte, é possível encontrar belos animais, como veados campeiros, tamanduás bandeiras, lobos guarás, tatus canastra, entre tantos outros, além de centenas de pássaros, como tucanos, gaviões, pica paus e uma infinidade que habita tanto a parte alta como a parte baixa das matas e campos.
O principal objetivo dessa área é a preservação de ecossistemas naturais de grande relevância ecológica e beleza cênica, possibilitando a realização de pesquisas científicas, desenvolvimento de atividades de educação, contato com a natureza e turismo ecológico, assim como a proteção das nascentes dos rios São Francisco, Araguari, Santo Antônio, Samburá, Bateias, Rio Grande, dos ribeirões, da fauna e da flora.
Aliás, a fauna apresenta espécies endêmicas de anfíbios e répteis, população grande de mamíferos ameaçados como macaco sauá, gato palheiro, lobo guará, a raposa do campo, a lontra, a jaguatirica e o pato mergulhão.
A Serra da Canastra é um mundo de águas e verdes paisagens. Vale percorrer as deslumbrantes estradinhas de terra e explorar as cachoeiras do Fundão ou Gameleira, com 90 metros de queda, formando um poço onde é possível nadar. Outra cachoeira que merece uma visita é a do Cerradão – 15 minutos de caminhada leve conduzem o visitante a uma piscina formada pela primeira das três quedas. Siga a placa para a ducha se quiser experimentar uma hidro natural.
A da Parida, além de ter uma paisagem linda, é uma das menos visitadas do parque. O terreno guarda ainda um sítio arqueológico com pinturas rupestres. Outras duas cachoeiras imperdíveis são as do Capão Forro e da Chinela. Todas essas têm taxas de entrada e pouca estrutura de serviços. Leve sempre água, lanches, frutas e barras de cereal, pois nos passeios você sempre sabe o horário de saída e sempre erra o horário de retorno.

São Roque é a capital da Canastra
São Roque de Minas é considerada a “capital” da Serra da Canastra, próxima a maioria das atrações e com maior oferta de meios de hospedagem e serviços. Localizado no centro da cidade, o Hotel Chapadão da Canastra oferece a melhor oferta de lazer da cidade. Possui um excelente parque aquático com uma hidromassagem climatizada e piscinas adulto e infantil, brinquedos para crianças, uma excelente área para bebericar uma cerveja geladinha e bar de piscina. A área fica rodeada pela mata ciliar e ao fundo corre o silencioso rio do Peixe.
Outro diferencial da Canastra é a produção exclusiva do queijo da Canastra, que hoje torna a região conhecida nacional e internacionalmente. A Aprocan – Associação dos Produtores de Queijo da Canastra, com sede em São Roque de Minas, tem por objetivo valorizar e divulgar para o Brasil e para o mundo essa iguaria reconhecida como Patrimônio Cultural do Brasil pelo Iphan e Iepha. O queijo tipo Canastra teve sua origem lá na Serra da Estrela, em Portugal, chegando ao Brasil através da colonização. A receita dessa tradição resultou em um tipo de queijo que se tornou um dos mais famosos do mundo: sofrido na sua origem, romântico na sua trajetória, nobre em nuances, único em texturas e sabores, um verdadeiro sonho de consumo.
Visitar toda a Rota do Queijo é quase uma obrigação. Vale a pena visitar pelo menos três das mais de uma centena de propriedades locais que fabricam o delicioso Queijo da Canastra. Entre elas podemos destacar as seguintes:
Queijaria Roça da Cidade: consegue unir tradições e modernidade em um local privilegiado na Serra da Canastra, ao lado do Parque Nacional que possui via de fácil acesso, com vista panorâmica da serra. O visitante aprenderá todo o processo e acompanhará a produção dos queijos, além de poder degustar os produtos no local e comprar queijos para parentes e amigos.

Fazenda Capão Grande: aos pés da Canastra e em meio a uma mata preservada, o casal Solange e Carlos Henrique são os principais responsáveis pela produção de queijos e administração da fazenda, que possui uma encantadora piscina de água natural. Os visitantes podem se deliciar com um típico café da tarde mineiro sob encomenda, recheado de bolos, biscoitos, café, leite, suco, pão de queijo e, é claro, o famoso queijo da Canastra.
Queijo do Ivair: juntamente com sua esposa Lúcia e família, Ivair, dono do Sítio Bela Vista, produz um dos melhores queijos da região, carinhosamente apelidado de brie da Canastra, pela sua semelhança com esse queijo francês. A aproximadamente 9 km do centro de São Roque de Minas, a queijaria possui estrutura moderna. O visitante pode degustar os queijos com vinho e comprar os produtos fresquinhos para levar. Há também a produção de manteigas especiais, tipo ghee.

Piscinas exclusivas e café da manhã imperdível no Chapadão da Canastra
O Hotel Chapadão da Canastra é o local ideal para quem quer explorar as atrações da região. Unindo o rural e o urbano, com estrutura de hotel e aconchego de pousada, o empreendimento ocupa um terreno de 5.000 m² onde mais da metade é composta de exuberantes jardins e matas nativas. Bem na margem do Rio do Peixe, é possível encontrar pequenos animais silvestres e diversas espécies de pássaros. São 24 apartamentos equipados com frigobar, TV LED 32’’, telefone, ventilador de teto, ar-condicionado e varandas com vistas da exuberante serra e do bosque que margeia a propriedade.

O café da manhã é um verdadeiro show de quitutes da culinária mineira. Os hóspedes contam com o café gourmet da Canastra, o famoso e tradicional queijo da Canastra e quitutes que lembram as receitas da vovó, como deliciosas pamonhas, o exclusivo João deitado (bolo de mandioca com queijo canastra, enrolado na folha de bananeira e assado no forno de barro), pãezinhos recheados de carne, frango e queijo, diversos tipos de deliciosos bolos mineiros – incluindo a Famosa Caçarola com Queijo Canastra – e sucos naturais, contando um total de mais de 40 itens. 
Para o lazer, o hotel oferece piscina adulto e infantil, hidromassagem aquecida e bar de piscina, salão de jogos, loja de artesanatos, lavanderia, videoteca, lan house, wi-fi gratuito e estacionamento gratuito. Para explorar toda a região, o Hotel Chapadão da Canastra oferece um veículo 4X4 - SW4 para passeios nos melhores e mais procurados roteiros da Serra da Canastra.

Hotel Chapadão da Canastra
Onde comer
Restaurante Velho Chico: com pratos exclusivos (utilizando o famoso queijo Canastra) e releituras da tradicional gastronomia mineira.
Cozinha Original, da Chef Joanne Ribas: buffet com comida mineira numa área bem localizada bem em frente ao Paredão da Canastra, parte baixa do parque.
Onde ficar
Hotel Chapadão da Canastra: tem para as férias diárias para casal a partir de R$ 350,00, com café da manhã e lazer completo. Mais informações e reservas pelo site http://www.chapadaodacanastra.com.br/

E-mails hotel@chapadaodacanastra.com.br e hotelchapadaodacanastra@yahoo.com.br. 

(37) 3433-1267 / (37) 3433-1526 / (37) 99911-5852 (Whatsapp)

Assimptur Assessoria de Imprensa
claudio@assimptur.com.br
(11) 4329-6532
http://www.assimptur.com.br/

Edição: Rose Cecília

PARCEIROS

Contatos

São Paulo/SP
Rua Martins Fontes, 330 - SALA BRAZIL
Centro - CEP: 01303-030
+55 (11) 3260-8488
+55 (11) 99679-7756

contato@guiadoturismobrasil.com

Rede Social


R J Publicidade e Marketing Ltda
CNPJ: 18.780.295/0001-21

© Copyright 2019 - Guia do Turismo Brasil | Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: DIGITATOS